Mala de Viagem para Orlando

Sempre que posto sobre mala chove perguntas de como faço, qual segredo para viajar com uma mala leve e ainda colorida.

Todas as dicas que há pela internet, fala em levar peças neutras, repara? Ah, que coisa chata ter que escolher entre levar um mala enorme ou viajar com look básicos! Eu faço os dois! Looks charmosos, coloridos, e uma mala enxuta!

Acompanha comigo o passo a passo da mala das férias de janeiro em Orlando / Flórida em família.

 

Planejamento

Antes de ir, faço uma atenta seleção de peças e coordenações de looks, de acordo com previsão do tempo e programação.

Prefiro fugir da calça jeans e levar opções com cores, nem que sejam neutras. Outro detalhe, as calças tem modelagens diferentes, pois também ajuda criar variedade de looks diferentes.

Fora os conjuntos, inclui 3 opções de terceira camada coordenáveis nos looks: 1 casaco Uniqlo num modelo super leve (já falei dele aqui), 1 cachemir, 1 pelerine de couro.

Adicionei ainda 1 blusa térmica, caso o frio apertasse, lenços também coordenáveis com a cartela de Cores da mala.

Além disso, 2 sapatos de modelos diferentes, fui de tênis e espadrile e 1 bolsa pequena.

 

Aerolook

O  que a gente usa para o transfer, a viagem em si, impacta no nosso conforto, em como vamos chegar ao destino.

Eu gosto de viajar de roupa escura, sem make e com um casaco bem quentinho.

Os looks da Viagem

Vamos aos looks dia a dia?

Como mostrei eles foram coordenados ainda em casa, mas na mala inteligente, técnica que uso, as peças coordenam entre si, pois estão dentro de uma paleta de cor. Então, mudou o programa, esfriou, esquentou, você adapta facilmente com as peças que estão na mala. Não precisa ficar refém do “e se…”.

Outra coisa bacana de contar, é que os look funcionam em 3 camadas, já que a previsão era temperatura média 20 graus. Mas, já conhecendo Orlando nessa época, sabia que no sol 1 camada seria suficiente, que pela manhã e ao anoitecer, esfria e pede as 3 camadas.

Dia 1 – malha, tricot e casaco, o lenço no pescoço traz charme. Mas passei a maior parte do dia só de malha e casaco aberto

Dia 2 – Cabelo, forma de usar a bolsa também mudam o look.

Esse foi o look que mais amei e me senti bem nessa viagem. Colorido, fora óbvio, elegante e confortável, tudo que busco no meu vestir diário.

Dia 3 – Dia passeio fora do parque, look com base monocromática e complementos neutros, imagem mais elegante. Olha aí as 3 camadas. Look 2 da calca skinny cinza.

Dia 4 –  Opa, fizemos comprinhas 🙂  Jaqueta nova coordenou com look da mala. Mas passei mesmo a maior parte do dia só de tricot.

Dia 5 – Notou que vou alternando as calças e os calçados? É para evitar que o pé machuque e deixar as peças respirarem.

Esse casaco também foi comprado na viagem, aproveitei que coordenada com a paleta de cores dos looks e já coloquei em uso!

ah, reparou que também só tem um óculos escuros e um brinco na mala? Nenhum problema, viu?

Quem precisa postar look diferente todo dia é blogueira, na vida real a gente quer mesmo estar bem vestida, confiante e que a bagagem não vira um estorvo, né?

Dia 6 – Um base tom sobre tom para criar look 2 com calça verde. Ah e repeti o casaco de pelinho novo que fiquei apaixonada pelo conforto e estilo.

Passei a maior parte do dia só de malha, com sol o dia fica super quente. Olha eu e Edna Moda, minha colega de profissão kkkk

Dia 7 – Dia off parque, um pouco mais frio. Fomos almoçar num restaurante legal e passear no shopping. A escolha foi um look tom sobre tom, de rosa com vinho, que cria uma imagem moderna e elegante.

Comecei uma malha bem justa de manga longa, sobrepus a blusa de lã, ambas da mesma cor. Finalizei com a jaqueta de fleece invertido que já contei que comprei na viagem. Mas todos os looks com casacos novos, funcionariam com o que levei na Uniqlo.

Dia 8 – O dia mais frio que pegamos nessa viagem.

Comecei o look com térmica fininha, blusa de manga longa em prata de tecido sintético, jaqueta e um cachecol bem quentinho. Olha o truque de styling de colocar uma das pontas por dentro da jaqueta.

Dia 9 – Outro look que amei usar! Cores opostas no círculo cromático, rosa e verde criam um visual criativo.

Olha como ficou diferente do visual que coordenei rosa com vermelho! Essa é o efeito de brincar com as combinações de Cores! (se quiser saber mais do assunto veja essa aula gratuita aqui)

Ah, o cachemir só serviu para chegar no parque, o dia estava mais quente… Aliás para quem viaja muito para o frio ou mora em lugares que tem inverno (de verdade), peças de cachemir são ótimo investimento. Aquecem muito, sem pesar no corpo e sem adicionar muito volume ao look.

O tênis foi aquisição da viagem, e já foi passear. Adoro o efeito moderno do cano alto com calça mais justa na barra.

 

Dia 10 – Dia de Disney Springs, Antes chamado de downtown Disney, o local é um complexo de lojas e restaurantes fora dos parques e com entrada livre.

Fiz uma coordenação de tom sobre tom, entre calça e casaco, para dar um ar elegante.

Dia 11 – último dia, a carinha de cansada não engana! kkkk. Tiramos o dia para almoçar legal, dar um pulo no outlet e organizar as malas de volta.

Look 4 da calça cinza, dessa vez fechei o ziper para criar um novo efeito no visual. Malha básica, única peça que veio de extra. Veio na mala de mão, para acidentes que podem acontecer no percurso, principalmente quando se viaja com crianças… fica a dica!

 

Dia 12 – Dia de ir embora, aerolook de volta usando o que ainda estava limpo na mala (vida real, né?). Ah, mas  sem deixar de ser confortável e estiloso, ok?

Essa bolsa grande, é uma bolsa minha que uso para carregar as coisas do bebê. Não consigo usar Dieper bags (pronto, falei! kkkk).

No avião, levei só ela com as minhas coisas e coisas dele.

A mala

Saldo final? Foram 25 peças de roupa, 2 sapatos e 1 bolsa + 2 peças e 1 sapato adicionado pelas compras. Tudo colorido, charmoso, confortável e respeitando meu estilo.

Levamos 3 malas médias de 14/15 quilos, 2 adultos, 1 criança e um bebê. Mas preciso de dizer que 1 mala e meia era do bebê kkkk. Fralda, leite, muitas mudas de roupa, remédio… E o que foi consumo ao longo da viagem, abriu espaço para as comprinhas serem acomodadas na volta.

 

Quer viajar leve também?

 

Você é do tipo que ama viajar, mas fica tensa só em pensar em arrumar mala?
Leva mais roupas do que o necessário e percebe, ao chegar no destino, que as peças não combinam, que você não tem o que usar, que esqueceu algo importante?

O planejamento de uma viagem começa muito antes dela acontecer.
Sonhamos com ela, traçamos roteiros, pesquisamos sobre o local escolhido… viajar é um grande prazer.
Mas, muitas vezes, arrumar a mala acaba sendo um momento tenso neste processo.

Que roupa levar? O que é mais apropriado?
Como posso ter uma bagagem que não ultrapasse o limite estipulado pelas companhias aéreas, mas que eu tenha opções de looks?

Aí, então, você acaba colocando tudo e mais um pouco imaginando que é melhor sobrar do que faltar, não é mesmo?
Ah, e ainda tem o “e se…” que faz você ficar insegura e leva ainda mais coisa…

Acredite: você não é a única pessoa no mundo que passa por isto e eu posso te ajudar!

Desde de 2017, o Curso on line Viaje Leve vem ensinando Mulheres Reais a finalmente viajarem com malas enxutas e looks charmosos!
E você também pode!

Neste curso de 5 módulos você irá aprender:

  • Planejamento pré-viagem, incluindo clima, programação e propósito
  • Matemática da Mala Cápsula
  • Seleção de peças, grupos de cores e Coordenações
  • Paletas de cores sugeridas e Exemplos práticos
  • Dicas importantes para voo e muito mais.
  • Material suporte para baixar que te ajudar a não esquecer nada!


>>> Clique aqui e comece já, acesso imediato… 
em breve será você também viajando leve

Passeios em Orlando, fora parques da Disney

Férias chegando e como sei que muita gente aproveita para ir pra Disney com as crianças, resolvi dividir 4 passeios fora Parques em Orlando, perfeito para dias de descanso entre os dias de parque, principalmente para quem tem crianças.

 

Leu Gardens

Harry P Leu Gardens é o Jardim Botânico de Orlando, lugar lindo onde acontecem vários casamentos, perfeito para um dia ao ar livre, uma caminhada gostosa.

 

Entrada: adultos, 1o dólares / crianças acima de 4 anos, 5 dólares / crianças abaixo de 4 anos não pagam

1920 N Forest Ave, Orlando, FL 32803

Lakefront Park in St Cloud

St Cloud é uma cidade vizinha a Orlando dos Parques da Disney, que faz parte da Grande  Orlando.
Lakefront Park é um parque público ao redor do lago Tohopekaliga que tem parquinhos infantis, uma feirinha, gramadas para fazer piquinique.
entrada gratuita
1104 Lakeshore Blvd, St Cloud, FL 34769

Lake Eola Park

Parque público, super bonito, arborizado em Downtonw Orlando.
Aos domingos há Farmer’s Market, com barraquinhas de roupas, comida e artesanatos. O pedalinho do lago do parque é um passeio super gostoso com as crianças. E ainda há um anfiteatro onde acontecem shows, cinema e outras atrações.
entrada gratuita
512 E Washington St, Orlando, FL 32801

Cocoa Beach

Deu saudade da praia? Uma das praias mais badaladas da Florida, está há uns 45 minutos (90 km) da Disney, no meio do caminho entre Orlando e Miami.
Possui uma estrutura muito boa para quem quer passar o dia lá, uma delícia mesmo.
O melhor forma de estacionar, é colocando no GPS, Alan Shepond Park (2,5 dólares a hora x contra 30 dólares dos estacionamentos lotados do pier).
4400 Ocean Beach Blvd, Cocoa Beach, FL 32931

Mais dicas

Como estamos falando de EUA, vale a pena ler esse post sobre compras em outlets com minhas dicas de personal shopper.
E se fazer mala é um pesadelo para você, veja esse post sobre Mala inteligente, onde ensino os 3 passos para viajar leve…
tem dicas de passeios em Orlando com crianças pequenas? Conta nos comentários

Lojas Legais para Visitar em Outlet Americano

Tanto novos viajantes como viajantes de loooonga estrada, vem me pedindo dicas sobre os tão famosos outlets americanos. Será que com dólar entre 3/4 reais + 6,35% de IOF do cartão de crédito, ainda vale a pena comprar nos USA?

Depende!

Se você está atrás de modelos lançamento, tipo a bolsa da coleção atual, o tênis de corrida lançamento do ano, ou não estarão disponíveis ou terão valor equivalente no Brasil. Aí, fazendo a conta, colocando IOF, geralmente não vale a pena. Agora, se você não liga para as peças novidades ou tendência, está atrás de peças atemporais, para usar por um bom tempo, ainda é possível fazer bons achados. 

PS: No post, alguns dos meus achados ao longos dos últimos anos..

Por vezes, no calor da emoção compramos várias blusinhas básicas baratinhas, só porque estava barato e no final ainda saímos com aquela velha sensação que não temos nada novo, e voltamos a comprar entrando naquela montanha russa sem fim.

O bacana é você procurar marcas que, ou não tenham no seu país, ou que se tenham ainda sejam muito caras, valendo a pena comprar fora. Bolsas por exemplo, algumas marcas nós temos no Brasil, mas são tão caras, mas tão caras que acabam virando inviáveis, já lá fora, com promoções bacanas acabam sendo bem tranquilo mesmo não podendo parcelar.

Lista de lojas interessantes

A verdade é que, em viagem não queremos perder tempo. E os outlets são geralmente enormes, por isso, listei lojas que costumo encontrar peças bacana com bom custo benefício.

Bons e básicos

Blusa J. Crew com colete Chiccos

Jeans com ótima modelagem

a mesma Blusa J. Crew com Jeans 7fam 

Para investir em peças elaboradas, bacanas, vestidos, terceira peças, blusas de seda.

chemise BCBG, usei durante toda gravides com a faixa no pescoço e uso no pós, como a faixa como cinto

Bolsas clássicas e de boa qualidade

tênis Adidas e Bolsa Coach

Tênis moderninhos

calça adidas com elástico na cintura, usei na gravidez e sigo usando em looks “esporte chic”

Multimarcas para garimpo

bolsa Marc by Marc jacobs, espadrile Catherine Malandrinho

Roupa de Academia

  • Under Armor, marca ainda pouco conhecida no Brasil, mas com peças de ótima qualidade

O sonho de uma peça de grife

Crianças

  • Janie And Jack – Roupa de festa, mais arrumadinha
  • Carters – Básicos de qualidade
  • Oshkosh – Dia a dia bem moderninho
  • Polo Ralf Lauren e Tommy Hilfiger – polos para os meninos e vestidos lindos para as meninas
  • Adidas e Vans – tenis moderninho, perfeito para escola

Itens de enxoval de bebê como carrinho, mamadeiras, chupeta, de maneira geral, ainda compensam mas não costumam ter em outlets. Nesse caso, você precisa ir as mega stores do ramo, tais como Baby R Us (do grupo da Toys R Us), Macrobaby, Buy Buy Baby (do grupo Bad Bath and Beyond) ou as lojas tipo mercado como Target, Wallmart ou ainda, as lojas de departamento como Marshalls, a Burlington e a Ross Dress For Less.

Nessas 3 lojas de departamento, Marshalls, a Burlington e a Ross Dress For Less, presentes em todo USA, você consegue garimpar não só itens de enxoval de bebê, como também, mala, casacos, itens para casa. Mas é garimpo, vá com paciência, pois não há variedade de numeração, nem sempre está tudo super organizado.

 

É importante lembrar também que tudo isso depende da época do ano, você pode dar a sorte de ir no outlet logo depois da troca da estação, tende a encontrar araras mais recheadas!

 

Pulo do gato, dica de ouro

Se você estiver indo no outlet do grupo Simon, os mais comuns encontrados no USA, se cadastre no site como VIP, sem custo algum! Você recebe um voucher, que deve ser trocado no customer service do outlet,  que dá direito a um book de descontos adicionais, sobre os preços já com desconto das lojas do outlet.

Então, se cadastra no site, tira um print da tela, ao chegar no outlet dirija-se ao Costumer Service do shopping que eles vão te dar um livreto com dicas e descontos adicionais.

Ah, nessa hora pegue um mapa para te ajudar a ir direto para as lojas que deseja. Foco é importante, para não ficar rodando, se cansar e não conseguir ir onde você gostaria.

Como Comprar bem

Gosto sempre de deixar bem claro e ensino às Alunas de Cursos Portal Mulheres Bem Vestidas, que o é caro e barato é muito relativo! Não devemos avaliar o preço em si do produto e sim no custo beneficio, que está associada a relação de uso, qualidade, durabilidade de cada peça.

Será que uma blusinha de 5$ é mesmo barata? Se você compra 20 e não usa nenhuma, é muito cara! Em contrapartida, uma bolsa de qualidade, que você sabe que vai durar, que você vai usar com vários dos seus looks por anos (sim, boas bolsas se bem cuidadas, passam de geração!), acaba saindo barato. E lógica vale para tudo, um vestido com design bacana, uma blusa de seda, um cardigan de cashmere.

O bacana do outlet não é para ir e comprar barato, mas sim ir comprar com o mesmo dinheiro que você gastaria normalmente peças melhores.

Todas essas lojas são lojas que você vai encontrar peças de qualidade que vão fazer a diferença no seu armário. Você vai avaliar o que é caro ou barato com a quantidade de uso que você vai dar a essa nova peça dentro do seu guarda roupa.

No Portal Mulheres Bem Vestidas, criamos o Guia de Compras, um curso on line, com aula + PDF para baixar, que te ajudará a sair do ciclo “compra, compra e nunca tem roupa” e gastar seu $$ somente com o que vale a pena para você!

compras