Mala de Viagem para Orlando

Sempre que posto sobre mala chove perguntas de como faço, qual segredo para viajar com uma mala leve e ainda colorida.

Todas as dicas que há pela internet, fala em levar peças neutras, repara? Ah, que coisa chata ter que escolher entre levar um mala enorme ou viajar com look básicos! Eu faço os dois! Looks charmosos, coloridos, e uma mala enxuta!

Acompanha comigo o passo a passo da mala das férias de janeiro em Orlando / Flórida em família.

 

Planejamento

Antes de ir, faço uma atenta seleção de peças e coordenações de looks, de acordo com previsão do tempo e programação.

Prefiro fugir da calça jeans e levar opções com cores, nem que sejam neutras. Outro detalhe, as calças tem modelagens diferentes, pois também ajuda criar variedade de looks diferentes.

Fora os conjuntos, inclui 3 opções de terceira camada coordenáveis nos looks: 1 casaco Uniqlo num modelo super leve (já falei dele aqui), 1 cachemir, 1 pelerine de couro.

Adicionei ainda 1 blusa térmica, caso o frio apertasse, lenços também coordenáveis com a cartela de Cores da mala.

Além disso, 2 sapatos de modelos diferentes, fui de tênis e espadrile e 1 bolsa pequena.

 

Aerolook

O  que a gente usa para o transfer, a viagem em si, impacta no nosso conforto, em como vamos chegar ao destino.

Eu gosto de viajar de roupa escura, sem make e com um casaco bem quentinho.

Os looks da Viagem

Vamos aos looks dia a dia?

Como mostrei eles foram coordenados ainda em casa, mas na mala inteligente, técnica que uso, as peças coordenam entre si, pois estão dentro de uma paleta de cor. Então, mudou o programa, esfriou, esquentou, você adapta facilmente com as peças que estão na mala. Não precisa ficar refém do “e se…”.

Outra coisa bacana de contar, é que os look funcionam em 3 camadas, já que a previsão era temperatura média 20 graus. Mas, já conhecendo Orlando nessa época, sabia que no sol 1 camada seria suficiente, que pela manhã e ao anoitecer, esfria e pede as 3 camadas.

Dia 1 – malha, tricot e casaco, o lenço no pescoço traz charme. Mas passei a maior parte do dia só de malha e casaco aberto

Dia 2 – Cabelo, forma de usar a bolsa também mudam o look.

Esse foi o look que mais amei e me senti bem nessa viagem. Colorido, fora óbvio, elegante e confortável, tudo que busco no meu vestir diário.

Dia 3 – Dia passeio fora do parque, look com base monocromática e complementos neutros, imagem mais elegante. Olha aí as 3 camadas. Look 2 da calca skinny cinza.

Dia 4 –  Opa, fizemos comprinhas 🙂  Jaqueta nova coordenou com look da mala. Mas passei mesmo a maior parte do dia só de tricot.

Dia 5 – Notou que vou alternando as calças e os calçados? É para evitar que o pé machuque e deixar as peças respirarem.

Esse casaco também foi comprado na viagem, aproveitei que coordenada com a paleta de cores dos looks e já coloquei em uso!

ah, reparou que também só tem um óculos escuros e um brinco na mala? Nenhum problema, viu?

Quem precisa postar look diferente todo dia é blogueira, na vida real a gente quer mesmo estar bem vestida, confiante e que a bagagem não vira um estorvo, né?

Dia 6 – Um base tom sobre tom para criar look 2 com calça verde. Ah e repeti o casaco de pelinho novo que fiquei apaixonada pelo conforto e estilo.

Passei a maior parte do dia só de malha, com sol o dia fica super quente. Olha eu e Edna Moda, minha colega de profissão kkkk

Dia 7 – Dia off parque, um pouco mais frio. Fomos almoçar num restaurante legal e passear no shopping. A escolha foi um look tom sobre tom, de rosa com vinho, que cria uma imagem moderna e elegante.

Comecei uma malha bem justa de manga longa, sobrepus a blusa de lã, ambas da mesma cor. Finalizei com a jaqueta de fleece invertido que já contei que comprei na viagem. Mas todos os looks com casacos novos, funcionariam com o que levei na Uniqlo.

Dia 8 – O dia mais frio que pegamos nessa viagem.

Comecei o look com térmica fininha, blusa de manga longa em prata de tecido sintético, jaqueta e um cachecol bem quentinho. Olha o truque de styling de colocar uma das pontas por dentro da jaqueta.

Dia 9 – Outro look que amei usar! Cores opostas no círculo cromático, rosa e verde criam um visual criativo.

Olha como ficou diferente do visual que coordenei rosa com vermelho! Essa é o efeito de brincar com as combinações de Cores! (se quiser saber mais do assunto veja essa aula gratuita aqui)

Ah, o cachemir só serviu para chegar no parque, o dia estava mais quente… Aliás para quem viaja muito para o frio ou mora em lugares que tem inverno (de verdade), peças de cachemir são ótimo investimento. Aquecem muito, sem pesar no corpo e sem adicionar muito volume ao look.

O tênis foi aquisição da viagem, e já foi passear. Adoro o efeito moderno do cano alto com calça mais justa na barra.

 

Dia 10 – Dia de Disney Springs, Antes chamado de downtown Disney, o local é um complexo de lojas e restaurantes fora dos parques e com entrada livre.

Fiz uma coordenação de tom sobre tom, entre calça e casaco, para dar um ar elegante.

Dia 11 – último dia, a carinha de cansada não engana! kkkk. Tiramos o dia para almoçar legal, dar um pulo no outlet e organizar as malas de volta.

Look 4 da calça cinza, dessa vez fechei o ziper para criar um novo efeito no visual. Malha básica, única peça que veio de extra. Veio na mala de mão, para acidentes que podem acontecer no percurso, principalmente quando se viaja com crianças… fica a dica!

 

Dia 12 – Dia de ir embora, aerolook de volta usando o que ainda estava limpo na mala (vida real, né?). Ah, mas  sem deixar de ser confortável e estiloso, ok?

Essa bolsa grande, é uma bolsa minha que uso para carregar as coisas do bebê. Não consigo usar Dieper bags (pronto, falei! kkkk).

No avião, levei só ela com as minhas coisas e coisas dele.

A mala

Saldo final? Foram 25 peças de roupa, 2 sapatos e 1 bolsa + 2 peças e 1 sapato adicionado pelas compras. Tudo colorido, charmoso, confortável e respeitando meu estilo.

Levamos 3 malas médias de 14/15 quilos, 2 adultos, 1 criança e um bebê. Mas preciso de dizer que 1 mala e meia era do bebê kkkk. Fralda, leite, muitas mudas de roupa, remédio… E o que foi consumo ao longo da viagem, abriu espaço para as comprinhas serem acomodadas na volta.

 

Quer viajar leve também?

 

Você é do tipo que ama viajar, mas fica tensa só em pensar em arrumar mala?
Leva mais roupas do que o necessário e percebe, ao chegar no destino, que as peças não combinam, que você não tem o que usar, que esqueceu algo importante?

O planejamento de uma viagem começa muito antes dela acontecer.
Sonhamos com ela, traçamos roteiros, pesquisamos sobre o local escolhido… viajar é um grande prazer.
Mas, muitas vezes, arrumar a mala acaba sendo um momento tenso neste processo.

Que roupa levar? O que é mais apropriado?
Como posso ter uma bagagem que não ultrapasse o limite estipulado pelas companhias aéreas, mas que eu tenha opções de looks?

Aí, então, você acaba colocando tudo e mais um pouco imaginando que é melhor sobrar do que faltar, não é mesmo?
Ah, e ainda tem o “e se…” que faz você ficar insegura e leva ainda mais coisa…

Acredite: você não é a única pessoa no mundo que passa por isto e eu posso te ajudar!

Desde de 2017, o Curso on line Viaje Leve vem ensinando Mulheres Reais a finalmente viajarem com malas enxutas e looks charmosos!
E você também pode!

Neste curso de 5 módulos você irá aprender:

  • Planejamento pré-viagem, incluindo clima, programação e propósito
  • Matemática da Mala Cápsula
  • Seleção de peças, grupos de cores e Coordenações
  • Paletas de cores sugeridas e Exemplos práticos
  • Dicas importantes para voo e muito mais.
  • Material suporte para baixar que te ajudar a não esquecer nada!


>>> Clique aqui e comece já, acesso imediato… 
em breve será você também viajando leve

Não repita roupa

É isso mesmo que você leu, não repita roupa. Ou look, não ande sempre com a mesma cara!!! Repita sempre as peças de roupa, claro, até por que não somos nenhuma blogueirinha que ganhamos todas as nossas roupas, não é mesmo? Mas com um pouco de técnica de styling você consegue usar as mesmas peças de roupas em looks completamente diferentes, e sendo assim multiplicar o seu armário.

Desde maio de 2015, não repito roupa! Eu repito as peças de roupa, mas nunca look, Inclusive durante os 9 meses de gravidez do filho Lucas! Aliás você pode acompanhar esse desafio diário pelo instagram @fefuscaldo. 

E faço tudo isso, para testar dia após dia as técnicas de styling, de combinações que ensino, para exercitar a criatividade. Estou sempre bem vestida, adequada e confortável para meu dia a dia, de mãe da Alice, que trabalha e cuida da casa.

Ah, e comprando muito pouco, o que me permitiu desde então economizar milhares de reais, para investir em peças mais bacanas que eu nunca achei que poderia pagar, em viagens com a família ou mesmo poupando para o futuro.

No Clube das Mulheres Bem Vestidas, nós não te damos o peixe e sim ensinamos a pescar. Para que você tenha um total entendimento do seu estilo pessoal, faça compras de maneira sábia, poupe o seu dinheiro e se sinta bem todas as vezes que você olhar para o espelho. 

Você conhece seu estilo pessoal?

Se quer descobrir, conheça o Clube das Mulheres Bem Vestidas!

Clique aqui para saber mais!

mulheres Bem vestidas