Dress Code – Arquiteta

Na hora de falar sobre estilo pessoal e tudo isso, sempre rola a duvida de como manter o seu estilo pessoal e se vestir de acordo com a sua profissão. Nessa nova tag “Dress Code”, nós vamos falar um pouquinho de algumas profissões e explicar o que cada cliente seu espera ver assim que olha para você. A primeira profissão será Arquiteta, comente para gente qual é a sua profissão, que ela pode virar o nosso próximo post.

dress code

Arquiteta

A Arquiteta circula em pelo menos três diferentes ambientes durante o seu dia, seriam eles, visitando obras, reunião com o cliente e lidar com os fornecedores.

As obras todos nós sabemos, é mais sujo, eventualmente é necessário abaixar para checar alguma coisa mais no nível do chão, os sapatos tem que ser fechado por motivos de segurança e até para não fazer uma sujeira danada nos pés. As reuniões com clientes podem ser em um café, no escritório, na casa do cliente. E para ir na loja escolher o piso o papel de parede ela pode encontrar concorrentes potenciais clientes, enfim. Todos os ambientes necessitam certas formalidades.

A primeira dica é: você arquiteta, vai precisar carregar com você seu sapatinho de obra. Que de preferencia é uma botinha, não necessariamente aquele sapato especial (a não ser que seja obrigatório) mas pode ser um de plástico estilo Melissa ou até mesmo de couro bem confortável. E quando sair da obra, troca e coloca um sapato mais arrumado e limpo.

Quanto a roupa, calça funciona melhor, pois te da mais flexibilidade na hora de abaixar e coisas do gênero, mas não precisa ser sempre aquela calça jeans, pode ser escolhido uma de tecido plano principalmente calças mais retas ou panta court, que tem uma barra mais curta vai ser melhor na hora de trocar o sapato da obra para um sapato mais arrumado, que pode ou não ter salto, para evitar de arrastar no chão na hora das trocas de sapato. Esse tipo de calça fica mais arrumada que os jeans. Já na parte de cima, se a arquiteta jogar uma calça de tecido plano já pode jogar uma malha como blusa, e se escolher o jeans é melhor jogar uma camisa de tecido plano. Para fazer um high-low, a arquiteta não precisa estar muito formal todo o tempo, mas é interessante esse toque de formalidade com informalidade para não ficar informal de mais.

 

Outra coisa que é importante pensar é, que tipo de profissional você é. Por exemplo, você é uma arquiteta que usa muitas cores? Ou gosta das coisas com tons mais neutros? Usa muitas coisas naturais? Ou gosta de coisas mais industriais? Você é uma profissional versátil? Que consegue fazer de um escritório super careta até uma casa de praia? É interessante para você, comunicar o seu estilo de arquitetura no seu jeito de se vestir.

Eu conheço muitas arquitetas que fazem projetos super coloridos, usam e abusam do mix de estampas mas na hora de apresentar o projeto vão de calça jeans e camiseta branca. O cliente não está lendo essa arquiteta criativa quando a conheçe, ou seja isso não comunica quem você é. É muito importante comunicar exatamente quem você é na primeira impressão com o cliente pois você, a arquiteta é parte do seu produto. O cliente está contratando também a sua criatividade, isso facilita muito que ele veja todos os seus projetos e te escute com bons olhos. Passa mais credibilidade.

Recaptulando, o dress code de uma arquiteta tem que ter criatividade, tem que ter acessibilidade. O cliente tem que achar que aquele arquiteto é acessível, que o arquiteto vai ouvir o que o cliente quer e traduzir em um projeto que faça sentido para ele, afinal um bom arquiteto não é aquele que faz um projeto incrível mas aquele que consegue conseguir traduzir os desejos daquele cliente. Ao mesmo tempo que deve ser acessível também tem que passar seriedade. O maior problema que as pessoas tem ao querer reformar espaços é a falta de cumprimento dos prazos e cumprir orçamento. Então a seriedade é importantíssima nesse caso.

Veja o que as alunas falam do Clube das Mulheres Bem Vestidas:

Ter estilo é ser você!

Não perca tempo em frente ao armário sem saber o que vestir.

Clique aqui para saber mais!

mulheres Bem vestidas

 

 

O Que é Styling?

Styling é seleção! Styling pode parecer complicado, algo para os profissionais de moda, mas saiba que você já faz styling diariamente, quando abre seu armário pela manhã e escolhe o que vestir.

A diferença entre você e o stylist, o profissional que trabalha com isso, é que ele faz as escolhas, a montagem do look, com consciência, com técnica, com ferramentas.
E você, faz no feeling, ou até mesmo no automático, pegando a combinação mais fácil!

Calça jeans e camiseta podem parecer básico ou super estiloso, dependendo de como você usa, do styling da produção.

O styling ainda te dá repertório para criar variações distintas com as mesmas peças. Que nos leva a menos quantidade, mais qualidade e mais estilo. Versatilidade é chave do armário da mulher Bem Vestida.

Com noções de styling,  você faz o mix de cores e/ou estampas, pontos de interesse, peso visual, combinação de acessórios, caimento e proporção das peças…

Vantagens do styling: economiza tempo na hora de se arrumar, dinheiro com compras mais assertivas, e da mais seguranca no vestir, para ousar, sair do básico e usar criatividade.

styling

Combinar não é repetir e sim conectar. Você faz styling todo dia na sua vida real, ao abrir o armário pela manhã e escolher o que vestir. Pode fazer no automático, no “feeling” ou … com técnica e certeza. Economiza o seu tempo e te faz mais segura.

Esse é um truque de styling: barra dobrada, traz um ar casual para peças de alfaiataria e ainda alonga a silhueta, mostrando um pouco de pele e deixando visual mais leve.

Outro truque de styling seria o nozinho na camisa, que faz o visual ficar mais moderno. Esse truque é ótimo para você ter um look completamente diferente, sem trabalho ou gastar dinheiro. Não sei se você lembra, mas no post que falei de looks do escritório para o happy hour, o nozinho foi uma das dicas.

look happy hour

 

Colocar cinto por cima da blusa é mais um truque de styling, o cinto ajuda a deixar o look menos básico e mais interessante e o fato de colocar ele por cima da peça marcando a cintura é legal para marcar melhor a silhueta deixando mais feminina. Aqui nessa foto temos dois truques de styling em um look só: usá-lo na cintura, por cima da blusa, e arrematá-lo com um nó.

Mais uma técnica de styling bem usada é a terceira peça! Eu sempre falo para minhas alunas abusarem da terceira peça, principalmente para looks em viagens, onde você, rapidamente, consegue mudar seu look completamente simplesmente colocando uma terceira peça. Dá uma olhadinha no post sobre fazer as malas, se você se identificou com a dor dos looks estilosos para viagem. haha.

Na Prática: Aluna MBV mostrando que o look sai do básico com criatividade! Vire o colar ao contrário para dar charme à blusa com decote nas costas. Isso é o que acontece quando você entende mais de Styling.

 

 

Veja o que uma das alunas disse após ser apresentada de maneira mais profunda aos truques de styling

 

 

A boa notícia é que possível, para Mulheres Reais como você, aprender técnicas de styling, é mais fácil do que parece!!

E o grande ganho de aprender essas técnicas é conseguir se arrumar em poucos minutos produzindo looks bacanas com o que já está em seu armário!

E essa é a minha expertise, ensinar a mulheres reais, de forma simples e prática, como ser uma personal stylist, criando looks charmosos para usar em seu dia a dia.

 Quer aprender? Vem para o curso Clube das Mulheres Bem Vestidas!

Clique aqui para saber mais!

mulheres Bem vestidas

Como Dar Uma Cara Nova Para Peças Antigas

Ainda nessa linha de consciência de consumo que citamos no post Compre Menos, Escolha Bem: Dois Em Um vamos falar sobre como você consegue dar uma cara nova a uma peça antiga do seu armário.

Mesmo a bolsa sendo de couro, ótima qualidade e coisas assim, com o uso diário ela vai danificando e parecendo bem velha, a primeira coisa que você já observa o desgaste do uso é a alça. Por estar sempre pegando, as vezes com a mão suja e coisas assim, a alça da bolsa já logo entrega que é uma peça antiga. Porem existem maneiras de você esconder isso, e inovar a sua bolsa parecendo muito estilosa. Ah, e com o custo bem reduzido também, que é, simplesmente colocar um lenço na sua bolsa.

Esses detalhes e conexões visuais que deixam o look que poderia ser super básico bem mais interessante. E além disso é mais um ideia de uso para sua gaveta cheia de lenços… Não são as peças que fazem diferença, sim sua forma de combina-las!

Simplesmente mudar a alça da bolsa também é uma opção, existem alças personalizadas com estampas que são bem legais, as vezes você até consegue mudar a alça da bolsa com outra que você já tem e “fazer” uma bolsa completamente nova. Uma clutch pode ser usada com uma alça longa diferente por exemplo. O que foi o caso dessa bolsa aqui:

⠀⠀⠀

Uma aluna do Clube das Mulheres Bem Vestidas mandou a foto de um colete de alfaiataria, que um dia era um blazer, mas como não estava sendo tão usado ela resolveu customizar um colete super bacana.

A customização de peças serve para colocar peças que não estavam sendo mais tão usadas de volta para uso, ou simplesmente marcar a sua identidade e estilo na peça.

No caso do trabalho feito pela paulista Juliana Ali, ela faz artes nas bolsas de luxo, que as tornam ainda mais exclusivas.

O legal dessas artes nas suas peças é que você, além de ter uma peça super exclusiva, que ninguém no mundo terá igual, você ainda pode extravasar a sua personalidade na arte e comunicar ainda melhor o que você deseja comunicar através da sua imagem.

Caso você mesma possua a habilidade de personalizar suas peças dessa maneira, faz. Fica super bacana. Caso não, procure alguém para te auxiliar.

Além dessas bolsas, também existe a personalização em jeans, pintura em jeans e os “patch’s”. Já ouviram falar?

Existe uma marca que se chama “Not Your Basic Denim” que significa algo em torno de “Não é o seu Jeans básico” comandada pela Renata, onde todas as peças são customizadas e lindíssimas.

Uma das alunas do Clube das Mulheres Bem Vestidas tem uma customização em jeans, feita por ela também.

Aquele jeans preto básico quase todas temos no guarda-roupas né? Um simples retalho de renda pode transformar o seu jeans básico em uma peça super fashionista.

Essa bolsa é de uma cliente minha, a bolsa é de grife, com alta qualidade porém estava com a mesma cara. Então mudamos a alça e simplesmente dá uma outra cara para a peça. Mais contemporânea e diferente.

 

Aqui é uma alça customizada de uma bolsa que um dia foi uma bolsa simples, “basicona” que na realidade pode voltar a ser se eu trocar a alça novamente. Virou uma peça super versátil.

Ah, e esse papo não é só para as roupas não. Tem um post mais antigo aqui no blog que eu falei em tendências de arquitetura com o mesmo pensamento, sempre renovando. Dá uma olhada aqui.

Curtiu esse post?

Tire os rótulos das suas roupas e use o styling para dar vários usos a elas! Mais estilo e menos roupas. Você pode aprender mais no Clube das Mulheres Bem Vestidas.

Clique aqui para saber mais!

mulheres Bem vestidas