Saiba Como o consumo constrói sua identidade

Já percebeu como muitas vezes você consome influenciada pelo meio que vive, pela repetição de um produto nos locais que circulamos. Aí o lado emocional no seu cérebro pensa: “todo mundo tem, eu também quero estar incluído”. É o tal pertencimento… Se você não tem tal coisa não se sente parte do meio…

Esse caminho é perigoso, você vai se distanciando de sua identidade, de seus valores, de seus objetivo, do que te faz única! Então para te ajudar a refletir sobre o assunto, sugiro a leitura da Matéria super bacana que colaborei no Jornal O Globo de 28 de julho de 2018.

Clipping

 

Fez sentido?

Quer sair desse ciclo de compra, compra e nunca tá satisfeita?

>>> Clica aqui e vem conhecer meu Portal de Cursos on line, o Mulheres Bem Vestidas!

Será que você já fez a Becky Bloom?

Você conhece a Becky Bloom? Já fez a Becky Bloom alguma vez na vida?

Ela é a protagonista do filme Os Delírios de Consumo de Becky Bloom” de 2009, interpretada pela atriz Isla Fischer. A comédia romântica, bem  no estilo “sessão da tarde”, está cheio de reflexões para nós mulheres e que são mais do que válidas nos dias de hoje.

Um rápido resumo: Rebecca mora em Nova York e tem o sonho de trabalhar para uma renomada revista de moda, mas ainda não conseguiu essa façanha. Contudo, ela consegue um trabalho como colunista para uma revista financeira que pertence à mesma empresa. Sua coluna torna-se um sucesso da noite para o dia, mas ela está a ponto de arruinar sua vida e sua carreira por ser uma compradora compulsiva.

Toda vez que assisto, me faz lembrar em como o consumo pode ser usado como desculpa para tudo e tapa buracos na vida. Talvez você olhe e pense, ah, mais eu não compro tanto assim. Talvez não, mas todas ‘fazemos ou já fizemos a Becky’ um dia…

  • Quando não conseguimos voltar para casa de uma ida ao shopping sem uma sacolinha;
  • Quando compramos ‘porque estava barato’;
  • Quando precisamos’ de roupa nova para uma ocasião, afinal é mais fácil comprar do que pensar numa combinação com o que já está em seu armário lotado… ⠀⠀

Percebeu? Quando a gente não racionaliza, o ato de Comprar vira a saída mais fácil, a desculpa perfeita, a recompensa, o tapa buracos.  E o pior, tapa buracos que não funciona, ele é só um prazer efêmero…

Quando eu compro o mundo fica melhor; o mundo é melhor. E depois deixa de ser. Aí eu compro outra vez.

Comprar não é crime, nem pecado, mas quando ele é um ato vazio traz um sabor amargo depois. Um sabor amargo de receber todo mês a fatura do cartão de crédito nas alturas, de olhar o armário lotado de roupa e não ter nada que te dê vontade de usar, de sobrar dinheiro para a viagem dos sonhos, para aquele curso que você queria fazer… Quando comprar vem seguido de culpa, ele vira problema.

A boa notícia que a Becky se salva no fim do filme e mais importante ainda, transforma sua mentalidade:

Ao invés de ter um relacionamento com meu cartão de crédito eu tenho um relacionamento com alguém que me ama. E nunca me recusa.

Se você se percebeu num ciclo ‘compra, Compra, e nunca tem roupa’, eu posso te ajudar!

 

No Portal Mulheres Bem Vestidas, temos o Guia de Compras, uma aula on line + PDF com os 3 passos para comprar Bem e parar de jogar seu $$ fora.

 Clique aqui e comece já a ser mulher segura de si, que domina sua vontades e sabe o que quer.

compras

Dossiê completo sobre o jeans perfeito para você!

O assunto de hoje é calça jeans: Todo mundo gosta, todo mundo tem. Uma boa calça jeans é um item super durável e que realmente pode fazer diferença no seu armário.

E quando falo boa, não tem haver com marca ou preço, quero dizer a que seja perfeita para você. Por isso, listei o passo a passo do que você precisa avaliar para escolher o jeans perfeito para você!

jeans

Caimento

A calça precisa ficar certa no corpo, sem estar larga demais ou justa demais. Mesmo modelos boyfriend, que são mais largos, precisam ser bem ajustados no corpo.jeansE lembre-se que todo jeans tende a ceder, até mesmo os que possuem elastano na composição mais um motivo para escolher a calça que ficar certinha no corpo.

Começando pelo cóis, ele não deve ser nem justo demais, que surja um pneuzinho na lateral, nem largo demais que sobra espaço entre a calça e o corpo.  Para quem tem cintura fina, sempre precisa fazer um pequeno ajuste no cóis, para não criar uma barriga que você não tem!

Outro cuidado, é não “empapar”, ter sobra de tecido na coxa, abaixo do bumbum. A calça precisa fazer uma linha reta no corpo, alonga visualmente e fica mais elegante.

Modelagens

Cintura alta ou baixa? A altura do cóis, é questão de entender suas proporções. Quem tem perna mais longa ou pouco bumbum, deve ter cuidado com a cintura muito alta, tende a não favorecer. Para quem tem alguma barriguinha, a cintura do lugar ou um dedo abaixo é que mais favorece.calca-jeans1Falando dos modelos, a calça reta nunca sai de moda, é super fácil de usar e fica bem para todo mundo. Mas ela é mais “careta”, tem menos informação de moda.lenco2

Os modelos que equilibram todos os tipos de corpos são a flare (boca bem aberta a partir do joelho) e boot cut (levemente aberta a partir no meio da perna). O único cuidado é que ela pede uma salto, nem que seja bem baixo.calca-jeans look-14092016-2Os modelos skinny, aqueles mais juntos, queridos por muitas mulheres é o mais perigoso… ele evidencia o quadril e evidencia a parte de cima em quem tem ombros largos ou muito busto.

Se é seu caso, você precisa de alguns truques visuais, como criar volume na parte de cima, para balancear os quadris e marcar a cintura para balancear os ombros.

jeanssobreposicao1Já a modelagem boyfriend e comprimento cropped, trazem modernidade para o look mas não valorizam a silhueta feminina. Nesse caso, a dica é preferir complementos que mostrem pele, como ombros, punhos, costas, canela, pés, pois trazem feminilidade. E abuse dos acessórios! jeans

Tonalidade

Lavagens manchadas no meio perna ou com aquelas marcas “bigodes”, aumentam visualmente, bom para quem tem perna fina e ruim para quer disfarçar o quadril. E falando em quadril, se essa é sua questão, lavagens únicas e escuras são as que mais favorecem.

#dicafefuscaldo: Preste atenção nos efeitos da peça em seu corpo e escolha a que mais te favorece!look-16092016-1Black jeans é uma ótima opção para deixar o look mais sóbrio. jeans-e-moletom1Já jeans rasgado e/ou machado, deixa o look descolado e moderno. Ele combina com peças casuais e leves.⠀

Ajustes

Como já falei acima, para quem tem cintura fina, o cóis precisa ser ajustado, duas pequenas penses resolvem a questão e qualquer costureira resolve.

Outro ajuste, que é grande dúvida é bainha! Nada pior que sobre de pano na barra, ele puxa o olhar do expectador (quem te vê) para baixo e você acaba parecendo mais baixa e menos elegante…

Onde usar

Sei que agora você tá com vontade sair usando jeans para cima e para baixo, mas calma… Jeans não combina com ambientes formais, seja ele de trabalho e social. Alguns exemplos, são escritórios de advocacia, fórum, empresas cujo o dress code não seja explicitamente casual (na dúvida, não use).

E mesmo em empresas que permitem uso do jeans, o jeans do trabalho deve ser o mais simples possível, em lavagem única, sem tachas, bordados ou rasgos. E quanto mais escura a lavagem, mais formal.

Dependendo da produção e dos complementos, o jeans é super versátil e vai a quase tudo. Por ser uma peça básica e neutra, é parte de cima e os complementos, como sapato, bolsa, acessórios e a maquiagem que dão o tom do look. Que levam o mesmo do jeans, do trabalho para a festa.

Tenho certeza que você vai lembrar de mim na próxima vez que vestir um jeans… Comenta abaixo!

E essa é a minha expertise, ensinar a mulheres reais, de forma simples e prática, como ser uma personal stylist, criando looks charmosos para usar em seu dia a dia.

 Quer aprender ainda mais? Vem para o curso Clube das Mulheres Bem Vestidas!

Clique aqui para saber mais!

mulheres Bem vestidas