Advogado como aliado ao sucesso da empreendedora

Mais um ano se inicia e, como disse o poeta, “quem teve a ideia de cortar o tempo em fatias, a que se deu o nome de ano, foi um indivíduo genial”. Esse começo nos remete à renovação da esperança, dos sonhos, à definição de novas metas e projetos. É tempo, também, de reorganização, balanço, de olhar para acertos e erros.

Neste contexto, propomos uma alteração de paradigmas, uma releitura do advogado como vetor de equilíbrio e de transformação social, como grande aliado da empreendedora. Empreender, muitas vezes, significa acreditar em um sonho e seguir em busca da sua realização.

Nesses momentos, é muito comum deixarmos de lado a razão e sermos arrastados pela emoção que costuma acompanhar a realização de nossas maiores aspirações. A constituição de uma empresa, porém, é tarefa que envolve riscos e burocracias. Logo, requer uma série de cuidados relevantes, que vão desde a definição do tipo societário a ser adotado, elaboração e registro do contrato social, até a escolha da forma de tributação mais adequada e menos onerosa para o seu negócio.

Por essas razões é que afirmamos ser de grande importância a escolha dos profissionais que estarão ao seu lado nesse momento inicial. A figura do advogado, portanto, torna-se indispensável à composição dessa equipe multidisciplinar, a qual tem por função primeira a efetividade do negócio idealizado.

O mundo de hoje – da sociedade da informação, da economia digital, do ‘Big Data’, das ‘startups’, dos novos marcos de responsabilidade empresarial – inspira um novo olhar para temas antigos, a quebra de paradigmas, o pensamento diferente, fora da caixa.

Devemos, portanto, repensar o jurídico, que não deve tratar apenas da atuação reativa, como forma de resolução de conflitos já instaurados, mas que também (e principalmente), deve se posicionar como aliado necessário ao sucesso de qualquer empreendimento.

Temos que estar presentes, advogado e empreendedora, juntos, em sintonia, desde o início do processo de constituição de um novo negócio, especialmente no cenário em que novos modelos e demandas surgem em alta velocidade, impulsionados pela tecnologia e pela internet.

Entendemos, assim, que a advocacia atual constitui uma ferramenta indispensável de ‘compliance’ (garantindo a conformidade com a legislação), de prevenção de conflitos e mitigação de riscos.

Reduzir riscos em tempos de crise econômica é vantagem competitiva. Frente à crise, há quem feche as portas e há quem cresça! Convidamos você a empreender e a crescer com segurança, consistência e relevância, alavancando seus resultados profissionais. Topam? Prontos para 2017?

Você tem uma empresa? Quer vê-la crescer? Conta para gente nos comentários!

aline-e-renata

Aline Guidorizzi é advogada formada pela Universidade Cândido Mendes, especializada em Direito Tributário pela UFF e pelo IBET. Atualmente, cursa pós-graduação em Direito Digital e Compliance. É uma das sócias da Yamada & Guidorizzi Sociedade de Advogados, com atuação preponderante na área contenciosa (judicial e administrativa) e consultiva em Direito Tributário, Empresarial e Cível. Fale com ela: contato@yamadaguidorizzi.adv.br