4 dicas para driblar o cansaço materno

Cansaço materno é algo muito comum, se você é mãe sabe do que estou falando, é um esgotamento associado a Síndrome de Burn Out…

Burn out é um distúrbio psíquico descrito em 1974 por Freudenberger, um médico americano. Não é propriamente uma doença, mas um estado de esgotamento profissional e se manifesta especialmente em pessoas cuja profissão exige envolvimento interpessoal direto e intenso, como profissionais das áreas de educação, saúde, assistência social, recursos humanos, agentes penitenciários, bombeiros, policiais e mulheres que enfrentam dupla jornada.

Embora essa síndrome esteja ligada a questões profissionais, é muito comum acontecer com mães no período de licença maternidade. Um bebê recém nascido requer 24 horas de cuidados. As noites mal dormidas e o isolamento social podem fazer com que a mulher entre num estado de estafa física e mental. Soma-se a isso à disfunção hormonal desse período e temos um prato cheio para o princípio de uma depressão.

É preciso estar atenta aos sintomas que podem ser físicos: dor de cabeça, enxaqueca, cansaço, sudorese, palpitação, pressão alta, dores musculares, insônia, crises de asma e distúrbios gastrintestinais. Ou comportamentais como: agressividade, isolamento, mudanças bruscas de humor, irritabilidade, dificuldade de concentração, lapsos de memória, ansiedade, depressão, pessimismo e baixa autoestima.

Antes de tentar um tratamento mais invasivo com remédios anti depressivos, tente por em prática estas 4 atitudes:

Reconheça seu Valor

Cuidar de um bebê pode ser um trabalho muito mais cansativo que um cargo administrativo no escritório, por exemplo. Cuidar da casa e dos filhos é um trabalho como outro qualquer e deve ser visto e respeitado como tal. Valorize-se.

Peça ajuda

Ninguém dá conta de tudo sozinho e se a carga tá muito pesada, peça ajuda. Recorra ao pai, aos avós, a uma amiga de confiança, a uma funcionária se estiver ao seu alcance, nem que seja pra tomar conta do bebê por algumas horas enquanto você vai ao cabeleireiro. Lembre-se que o bebê consegue sentir a sua energia e estar feliz e bem disposta o deixará mais calmo.

Faça algo por você

Ficamos tão focadas em cuidar do outro que esquecemos de nós mesmas. Por isso, tire 30 minutos do seu dia para fazer algo exclusivamente por você. Mesmo que o seu marido chegue cansado do trabalho, peça ele para cuidar do bebê por meia hora enquanto você toma um banho, lê uma revista, um livro ou fala com uma amiga ao telefone sem ser interrompida. Isso irá recarregar suas baterias.

Pratique atividade física

A prática de atividade física libera hormônios importantes como serotonina, endorfina e dopamina que melhoram o bem estar físico e mental. Melhora o sistema imunológico e você sabe, mãe não pode adoecer. Pode ser que só em pensar em 30 minutos de exercícios você já se sinta cansada e ache que não vai suportar, mas o seu corpo é capaz de adaptar.

Acredite, isso vai ser fundamental para melhorar o seu pique e o seu humor. Além de ajudar a deixar o corpo lindo novamente. Se bater a preguiça, vá sem vontade mesmo. Na grande parte das vezes é assim: vamos nos arrastando e voltamos saltitando!

Um beijo e se cuida!

Milla Padua

Milla Padua é Coach de boa forma e emagrecimento e criadora do programa on line Detox Inteligente. (saiba mais aqui!).  Acredita que toda mulher pode conquistar o corpo de seus sonhos! Fale com ela: contato@melhorversao.com.br