[Vídeo] Dicas de estilo para as grávidas

Fase linda na vida mulher, a gestação tem como dificuldade o que vestir!  A cada dia o corpo vai mudando, e uma roupa que cabia já não cabe mais. Ao mesmo tempo não dá para fazer a louca e comprar um armário novo…

Por isso, compartilho minhas dicas de consultora de imagem e grávida do segundo filho!

3 passos para criar um look charmoso

  • Entender as proporções corporais, onde estão os seus pesos visuais;
  • Usar as roupas para equilibrar os pesos visuais;
  • Adicionar acessórios para criar interesse visual.

4 truques certeiros para looks de grávida

  • Looks Monocromáticos, tom sobre tom, alongam visualmente;
  • Use acessórios de impacto, enfeitam;
  • Peças feitas em tecidos com elastano, se adaptam ao corpo e proporcionam conforto;
  • Silhuetas soltas, equilibram as proporções e conferem elegância.

Peças chaves para o armário da grávida

  • Chemise
  • Blusas alongadas
  • Pantalonas
  • Saias longas
  • Calça jeans boyfriend
  • Flats, sapatos sem salto, principalmente os ajustáveis e que não prendam nas laterais do pé, como rasteiras “fio dental”, tênis, sapatos com cadarço.
  • Terceiras peças, tais como coletes, cardigans, blazers, jaquetas.

Quer entender melhor? Clica abaixo e assista o vídeo completo que tá cheios de looks inspiração:

 

Compartilha esse post com uma amiga grávida, que ela vai gostar!

Como se Vestir Para Uma Entrevista de Emprego?

Para saber o que vestir numa Entrevista de Emprego, é preciso saber que A primeira impressão é formada nos primeiros 15 segundos. O ser humano é visual, a imagem chega primeiro ao cérebro do que as palavras.

O pesquisador Albert Mehrabian, pioneiro da pesquisa da linguagem corporal na década de 1950 e autor de vários livros apurou que, em toda comunicação interpessoal, cerca de 7% da mensagem é verbal (somente palavras), 38% é vocal (incluindo tom de voz, inflexão e outros sons) e 55% é não verbal.

Então, para ajudar na missão de estar bem vestida e adequada para uma entrevista, vou traduzir alguns códigos do vestir, o que sua aparência pode falar sobre você em uma entrevista de emprego.

Se você não conhece o ambiente, uma aparência discreta é sempre mais adequada e te deixará mais confiante. O objetivo é chamar atenção ao seu conteúdo, sua personalidade, seu potencial, não ao que está vestindo, mesmo em ambientes criativos como na área de comunicação ou moda.  A aparência adequada é uma ferramenta que abre portas, mas ela não é o fim. Você deve ser visto primeiro, não sua roupa.  E isso vale para qualquer cargo, do técnico, analista ou gerente.

Sapatos

Evite saltos muito altos, prefira os médios, é mais comedido e elegante. Saltos muito finos e sapatos muito abertos são muito sexy para qualquer ambiente de trabalho, portanto opte por saltos um pouco mais grossos e sapatos mais fechados.

Para os homens, sapatos sociais com cadarços são mais formais que sem. O sapato escolhido deve estar limpo e bem cuidado, assim como os pés.

Roupas

Não gosto de falar em regras sobre o que vestir, mas quando se trata de ambiente de trabalho, existem algumas máximas referentes à adequação:

  • Decotes ou transparências não são permitidos. Mesmo camisas de botão mais fechadas, se forem transparentes, precisam de uma camiseta embaixo.
  • As saias devem ter comprimento mínimo de dois dedos acima do joelho.
  • As roupas devem ser ajustadas ao corpo, no tamanho correto, mas não coladas, justas, apertadas.
  • Blazer e calça sem ser conjunto é mais moderno e atual, sem deixar de estar adequado.

Todas as peças devem estar em bom estado, sem costuras desfeitas, botões faltando ou bolinhas no tecido. Esse cuidado demonstra que você tem atenção aos detalhes.

  • Só use jeans, se tiver certeza que o dress code da empresa permite. Na dúvida, vá de calça social, mais formalidade é sempre melhor saída neste primeiro contato.

Cores

Prefira peças lisas ou com estampas mais clássicas, como listras e poás. Estampas muito chamativas podem atrapalhar a atenção do entrevistador.

Cuidado na escolha das cores. Cada cor passa uma mensagem e uma sensação a quem vê. Para uma entrevista, onde se quer passar credibilidade, azul é uma ótima escolha. Para áreas onde a criatividade é importante, amarelo é bem-vindo.

Cores neutras são sempre adequadas e elegantes, mas para não ficar sem graça, misture neutros como vinho, marinho, musgo, cinza, marrom ou adote o visual monocromático, uma única cor ou tom sobre tom.

Quanto mais informal o ambiente, mais cores o look pode ter.

Cuidados Pessoal

Cabelos bem arrumados, demonstrando que foram cuidados. Cabelo molhado passa a imagem que você é desorganizada, saiu atrasada. Na dúvida, um rabo de cavalo ou um coque. Nada de “piranhas” ou elásticos aparentes, acabamento é importante, demonstra atenção aos detalhes. Maquiagem leve e discreta, apenas corretiva. Nada de lápis preto, olhos esfumados ou batom forte. O objetivo é ter boa aparência, mas não chamar toda a atenção para si.

Unhas de preferência feitas e com esmaltes discretos. Não deu tempo, deixa-as bem cortadas e limpas. Esmaltes descascando passam a mensagem de desleixo.

Acessórios

Devem ser discretos e não fazerem barulhos ao se mexer, escrever, mexer no computador, pois distraem e incomodam os colegas.

Etiqueta

Procure chegar de 5 a 10 minutos antes do horário marcado. Você nunca sabe se tem que se cadastrar para entrar no prédio, se o elevador demora, se algum imprevisto vai acontecer. Mais do que isso, demonstra ansiedade e chegar atrasado demonstra falta de interesse. Atrasos aceitáveis são de 15 minutos, mas já causarão uma impressão de desorganização.

Se tiver algum problema e não puder comparecer, ligue e desculpe-se! É o mínimo que se pode fazer, demonstrando respeito ao tempo do outro.

Cuidar da aparência e ter atenção às regras de etiqueta não é futilidade. São pequenos detalhes que fazem sua carreira decolar.

Quando o coletivo trabalha para você

Quantas vezes nos incomodamos com um problema que parece tão grande que simplesmente deixamos para que outros solucionem para nós? Tenho certeza que isso ainda acontece com você inúmeras vezes, assim como acontece comigo…

Porém já sabemos, mesmo lá no fundinho, que não pode ser dessa maneira. A tecnologia, entre outras tantas coisas, provou que estamos conectados uns aos outros em rede. Somos parte de um todo poderoso.

Ter essa consciência nos impulsiona a agir. Cada parte fazendo a SUA parte produz o movimento. Pensar no grupo e buscar soluções coletivamente é a ordem do dia.

Na sua marca, no seu negócio

Assim, percebemos diversas marcas se juntando para otimizar seus negócios (já até mostramos um case aqui) sem deixar de lado sua essência individual. Criar espaços de colaboração e reflexão já não é mais novidade pelo mundo. Esse caminho não tem volta e embora o mundo pareça enorme, de fato é muito pequeno para a voracidade de nossos atos.

Colaborar e compartilhar já faz parte do “chip”que as novas gerações carregam. Exemplos não faltam como tantos hostels, airbnbs, sites de trocas e compras coletivas…

Na prática

Se queremos existir como marca no futuro, entender realmente como acontece essa nova relação é tão importante quanto pensar uma nova coleção. Desde já podemos incentivar nossos funcionários a pensarem como coletivo e devemos provocar os questionamentos.

Pensar diferente é achar soluções inesperadas e talvez geniais.

Chris CarvalhoChris Carvalho é Especialista em gestão de varejo, consultora de Imagem e parceira do Instituto IAJ. Ajuda marcas a crescerem com planejamento de compras, criação de coleções e produções.
Fale com ela: chrissqua@globo.com

Um país mais justo, começa na sua empresa

O grande desafio de empresas e de governos atualmente é gerar crescimento econômico, lucro, renda, criando empregos sem ocasionar danos ao meio ambiente. Parece complicado, não? E é, se não houver planejamento… é possível sim adotar práticas econômicas, financeiras e administrativas que gerem desenvolvimento econômico e garantam a manutenção dos recursos naturais para as futuras gerações. Um país mais justo passa pelo governo, mas começa na sua empresa.

Essa prática é chamada de sustentabilidade econômica, nada mais é, que a capacidade de produção, distribuição e utilização equitativa das riquezas produzidas pelo homem e passa pelo desenvolvimento econômico equilibrado, pela segurança alimentar.

Vantagens

Empresas e governos com atitudes sustentáveis geram mais economias financeiras a médios e longos prazos. A imagem de governos e empresas que priorizam a sustentabilidade econômica melhora muito diante os cidadãos e consumidores.

Empresas, governos e cidadãos só têm a ganhar com estas atitudes, pois terão um meio ambiente preservado, maior desenvolvimento econômico e a garantia de uma vida melhor para as futuras gerações.

Já foi provado que é possível um país lucrar, tendo uma consciência ambiental, isso é a base de uma sociedade estável e mais justa, além de abrir diversas possibilidades dentro de todos os setores da comunidade. O país que consegue conciliar desenvolvimento econômico com desenvolvimento sustentável se torna livre da dependência de recursos e da concessão de outros países ou uniões econômicas.

Na prática, nas empresas

– Utilização de fontes de energia limpa e renovável. Exemplos: eólica e solar.
– Tratamento de todos os resíduos orgânicos e materiais gerados no processo produtivo, inclusive priorizando a reciclagem do lixo.
– Uso de meios de transportes de mercadorias mais econômicos e menos poluentes. O meio ferroviário e marítimo são os mais recomendáveis.

Na prática, nos governos

– Políticas de desenvolvimento de infraestrutura necessárias que não agridam o meio ambiente.
– Incentivos fiscais para empresas que reciclam ou desenvolvem tecnologias que visem o desenvolvimento sustentável.
– Fiscalização e punição as empresas que poluem ou gerem qualquer tipo de dano ambiental.
– Conciliação, através de políticas econômicas, entre desenvolvimento econômico (geração de renda, empregos e crescimento econômico) com uso racional de recursos naturais e proteção ao meio ambiente.

Colocando em prática ações economicamente sustentáveis seremos partes de uma sociedade que preserva que é justa e equilibrada.

Lembre-se: Agir Local, Pensar Global

fernanda-leal Fernanda Leal é Engenheira, palestrante, bailarina e fundadora da Comunidade Fator Ambiental. Acredita que educação ambiental e consumo consciente são assuntos para todos.

Fale com ela: fleal@br.inter.net

Maquiagem natural, rápida e prática

Quem tempo hoje em dia? Ninguém, né? Mas nem por isso a gente precisa abrir mão de sair bem arrumada…

Hoje vamos falar sobre maquiagem natural, rápida e prática, bem como o que é necessário e indispensável para você estar sempre com o visual impecável no seu dia a dia, sem dispensar a praticidade. O passo a passo para sem muito mistério e sem perder tempo para você sair linda todos os dias!

Dica 1 – Preparação da pele

Vamos começar falando sobre a pele: Antes de tudo, é indispensável usar um hidratante facial livre de óleo. Além de hidratar a pele, ele vai prepará-la para receber os outros produtos.

Dica 2 – A pele

Como o assunto aqui é praticidade, uma boa dica para o dia a dia, é substituir a base por filtro solar com cor. Mas se você ama, tem tempo e não dispensa usar base, a minha dica é aplicar a base depois do filtro, pois nenhuma base tem fator de proteção tão alto quanto a do filtro! Esse por sua vez, vai deixar a nossa pele protegida contra os raios UVA e UVB, iluminação de casa, escritório, celular e computador!

Depois do filtro, dê leves pinceladas com o pó compacto ou solto para tirar qualquer vestígio de brilho.

Dica 3 – Acabamento

Para finalizar e dar acabamento à maquiagem natural, vem a aplicação do blush, máscara para cílios e um batom cor de boca.

Assim você estará pronta com uma maquiagem natural, rápida e prática perfeita para os compromissos variados do seu meu dia. Vamos tentar?

camille virgínioMaquiadora profissional formada pela Makeup Forever Academy NY, ministra Cursos de auto maquiagem. Ajuda mulheres a valorizarem suas belezas naturais através de maquiagem!
Fale com ela: camille.virginio@gmail.com

[Vídeo] Seu corte de cabelo ideal

Recentemente eu cortei o cabelo e postei uma foto nas redes sociais (me segue lá no insta @fefuscaldo). E uma das coisas que eu mais ouvi e li foi: “nossa tá lindo, queria ter a sua coragem…”

corte de cabelo

Se você adoraria mudar, mas tá sem coragem, saiba que Coragem está associada a confiança e confiança está associada a informação e técnica. Listei 4 dicas para te ajudar nesse caminho:

Dica 1 – Reflita

Saiba que a escolha do corte de cabelo começa antes mesmo de chegar ao salão. Você precisa pensar o que quer comunicar com sua imagem, o que você quer que as pessoas “leiam” quando te virem?

Um exemplo prático, quem tem um cabelo longo pode transmitir a ideia de fragilidade, falta de compromisso e de responsabilidade? A impressão que se tem é que a pessoa ainda está presa à adolescência, quando esse comprimento é mais comum. Associando a essa fase, consequentemente pensa-se em dependência financeira, social e/ou religiosa.

Além disso, as linhas que o cabelo longo forma, geralmente, remetem à duas linhas retas e paralelas, o que é associado à rigidez e uma personalidade indisposta ou aberta a mudanças.

Então se o seu desejo é transmitir uma ideia de força, impacto, independência e imponência, aposte nos curtos ou médios. Cargos de chefia, ambiente masculino e mudança de área de atuação pedem a transmissão dessas ideias citadas.

Dica 2 – Pesquise

Busque referências na internet, tudo que você achar bacana salve! Depois analise o que essas imagens tem comum, é esse caminho que você deve seguir.

Dica 3 – A Escolha do profissional

Procure um profissional de confiança, com quem você possa trocar ideias e realmente esteja preocupado em te embelezar!

Se você quer uma mudança mais radical, recomento que procure um visagista, que fará uma análise individual das proporções do rosto e irá indicar o tamanho mais apropriado para você, mas a a estrutura de corte ideal, bem como a coloração mais adequada ao seu tom de pele e mensagem que você deseja transmitir.

As alunas do Curso Mulheres Bem Vestidas ganham de presente uma super aula, exclusiva, com a visagista Anna Campagnucio, que assina meu corte. Na aula, disponível para ser assistida na área de membros privada do curso, Anna explica como cada aluna faz para descobrir seu corte de cabelo ideal.
Veja abaixo um exemplo de transformação, feito pela aluna Inês!

corte de cabelo

Dica 4 – Seu corte x seu estilo de vida

Entenda qual seu tipo de cabelo, qual seu tempo e disposição nos cuidados diários, para que

Mais dicas

No vídeo abaixo eu falo um pouco mais dessas 4 dicas, clica assiste e se inscreve lá no canal do Youtube!

 

fernanda fuscaldoConsultora de imagem, palestrante e coach, fundadora do Clube das Mulheres Bem Vestidas. Acredita que beleza real é ser quem você é e fazer isso todos os dias!
Fale com ela: contato@fernandafuscaldo.com.br

Primeiro passo para ser uma empreendedora de sucesso

Quem nos dá a dica de hoje, o primeiro passo para ser uma empreendedora de sucesso, não sou eu e sim Juliano Seabra, o diretor da Endeavor, ONG que fomenta empreendedorismo pelo mundo.

É preciso coragem para empreender.

Se você já trabalhou no mundo corporativo ou numa empresa certamente tinha um chefe, um par ou até uma equipe para trocar ideias, informações, fazer questionamentos, mas ao resolver ser empreendedora, dona do próprio negócio, isso se foi….

Não ter contraponto, não ter questionamento, faz com que facilmente você estacione numa zona de conforto e não consiga ou demore mais a chegar onde quer. O ser humano precisa de constantes incentivos para evoluir, precisa de uma segunda opinião, precisa de confiança e  motivação. E fazer isso tudo sozinha, o o tempo todo, não é tarefa fácil…

Eu sei exatamente como é isso e imagino que você também…

empreendedora

E é por isso, que nessa recente entrevista ao Jornal O Globo, Juliano Seabra afirmou que a principal dificuldade de quem está começando um negócio é a solidão!

>>> Recomendo que leia a reportagem na íntegra: http://oglobo.globo.com/sociedade/conte-algo-que-nao-sei/juliano-seabra-tocar-proprio-negocio-um-trabalho-solitario-21121490

Então, o primeiro passo para ser uma empreendedora de sucesso é a coragem, mas não como ato de bravura e sim,  a manutenção de uma postura ativa, se cercando de uma rede de apoio, informação técnica para dia após dia fazer seu negócio crescer.

A Solução

Eu resolvi a minha questão da solidão participando de grupos de mentoria, com profissionais que eu admirava e que tinham um negócio e/ou carreira que eu me espelhava e queria aprender!

Por conta desses grupos aconteceram duas coisas:

(i) Meu negócio deu um salto!

Desafiada e suportada pelo mentor, tirei o na época projeto do Mulheres Bem Vestidas do papel, deixando de lado todas as dificuldades de criar o primeiro curso on line na área de estilo do Brasil. Fácil nunca é, mas com apoio você consegue realizar. Hoje, quase dois anos depois, ele tem alunas de todo Brasil e até de fora, atingindo com seu conteúdo mais de 20 mil!

(ii) Criei a minha rede de networking.

Com empreendedores de todo Brasil, pessoas as quais posso trocar ideia, discutir cases, dar e pedir opinião! Algo que, mesmo findo a mentoria, mantenho até hoje e tem valor inestimável! É a minha injeção de coragem quando preciso!

Mulheres Bem Sucedidas

E finalmente, atendendo a muitos pedidos que recebo por email, chegou a minha hora de retribuir o que aprendi nesse percurso e de ser o grupo de apoio para mulheres que desejam ir além, o Mulheres Bem Sucedidas! Desde iniciar um novo negócio, fazer seu negócio crescer, lotar a agenda, começar a trabalhar on line, trabalhar menos horas de forma mais produtiva, ter foco no que faz a diferença. 
Se você quer fazer parte deste grupo, inscreva-se aqui!

Lembre-se para crescer é preciso sair da zona de conforto, tomar riscos, investir. Se tá fácil, é porque você pode mais!